A coluna de ciências humanas e sociais em 2021

Nos últimos anos, no Brasil, as ciências humanas e sociais têm sofrido ataques ideológicos e cortes de verbas. Por exemplo, em março de 2020, o governo federal excluiu essas áreas do edital de bolsas de iniciação científica do CNPq para priorizar as “tecnológicas”, consideradas como áreas que dão suposto “retorno imediato”. Tal pensamento, errôneo e simplório, não é capaz de perceber a extrema importância das pesquisas de humanas e sociais para a sociedade brasileira. Mesmo agora, enquanto aguardamos a tão esperada vacinação possibilitada pelos esforços de milhares de cientistas mundo afora, percebemos que as humanas e sociais são sim fundamentais. Por exemplo, muitos procuraram na história respostas para o momento em que vivemos. As pesquisas sobre outras pandemias, em especial a da gripe espanhola em 1918, nos mostram que esta também vai passar e comemoraremos o próximo carnaval de forma ainda mais intensa do que em 1919. Já a sociologia aponta o papel central que o SUS tem, não só no combate à pandemia, mas no sistema de saúde como um todo, principalmente em um país tão desigual quanto o Brasil.

A pandemia de covid-19 nos mostrou, também, que precisamos de arte. As lives de artistas, os livros, os filmes têm nos ajudado a suportar esse período tão difícil com mais leveza. Além disso,as pesquisas sobre esses produtos culturais são essenciais para compreender como as sociedades produzem e consomem esses bens.

Precisamos, mais do que nunca, de saúde mental. Pesquisas têm mostrado como houve aumento e agravamento no número de transtornos mentais durante a pandemia. Mapear e pensar estratégias é imprescindível e as ciências humanas e sociais têm papel central na análise e resolução desses problemas.

Estes foram apenas alguns exemplos de como as ciências humanas e sociais são importantes durante a pandemia, mas essa importância se estende muito além. Nas palavras de Luiz Davidovich, presidente da Academia Brasileira de Ciências: “As ciências humanas e sociais têm um alcance amplo e importante para o futuro do país, muito além de um retorno imediato: ensinam a pensar, condição necessária para a construção de uma sociedade ilustrada, democrática e produtiva.”

Por tudo isso, decidimos que, neste ano de 2021, aqui no blog das Cientistas Feministas, a coluna de ciências humanas e sociais vai privilegiar as pesquisas recentes desenvolvidas no país por jovens pesquisadoras, em universidades públicas. Embora maioria nessas áreas, as mulheres, com bastante frequência, ainda não têm seu trabalho reconhecido e as pesquisas feitas pelos pares masculinos acabam recebendo mais destaque. Assim, durante todo o ano de 2021, as leitoras e leitores do blog poderão descobrir pesquisas recentes feitas por cientistas brasileiras durante seus mestrados e doutorados em instituições de ensino e pesquisa públicas, tão fundamentais para o desenvolvimento de nossa ciência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s