Eu vou de Taxi… Aéreo (?!)

Nos últimos tempos ouvimos falar sobre carros autônomos com mais e mais frequência. Inclusive, temos uma publicação aqui no blog sobre eles. A principal proposta dos veículos autônomos é oferecer conforto e segurança aos passageiros, que podem aproveitar para trabalhar, descansar e relaxar enquanto atravessam cidades e seus engarrafamentos. Essa tecnologia, porém, não tem previsão de diminuir a quantidade de carros nas ruas ou o tempo de viagem. Para isso é necessário ir um passo além. E assim surgiram os “air taxis” (ou taxis aéreos), prometendo não só conforto para os passageiros, mas também a possibilidade de viajar maiores distâncias em um menor tempo.

O termo “taxi aéreo” já é utilizado há anos para descrever pequenas aeronaves que transportam poucos passageiros a destinos próximos (normalmente por valores altos, inacessíveis à maior parte da população). Neste texto vamos falar sobre os novos taxis aéreos, que são conceitos de aeronaves individuais, ou com capacidade para até cerca de 6 passageiros, e possam trafegar acima dos engarrafamentos das grandes cidades, mais ou menos como helicópteros. A proposta das empresas do ramo é simples: direto do seu celular você terá acesso a aplicativos como o do Uber, mas ao invés de solicitar um carro, você solicitará um taxi aéreo do ponto de partida mais próximo da sua localização. Estas empresas prometem preços acessíveis e comparáveis ao preço atual do Uber, e dizem que isto está bem próximo de ser realidade, com algumas planejando sistemas completamente operacionais até o ano de 2025 [1].

airtaxi1

Conceito de taxi aéreo apresentado pela empresa alemã Volocopter. Fonte

Alguns dos conceitos de aeronaves desenvolvidos recentemente até lembram helicópteros, mas a maioria parece mais com drones gigantes. O princípio de funcionamento destas aeronaves também se assemelha mais ao de drones, sendo quase ou totalmente elétrico. Também conhecidas como “eVTOL” (electric Vertical Take Off and Landing, decolagem e pouso vertical elétrico), estas aeronaves normalmente dependem de baterias para funcionar, e de tecnologias que viabilizem a decolagem e o pouso de maneira vertical, fazendo com que elas possam ser operadas de heliportos existentes ou de novos pontos a serem construídos, mas sem ocupar grandes áreas, não sendo necessários grandes investimentos em infraestrutura para futura operação. O plano atual da maioria destas empresas é começar com aeronaves com pilotos, mas para o futuro é previsto que elas sejam autônomas, não sendo necessário um piloto, e aumentando a capacidade de transporte em 1 pessoa.

lilium-electric-aircraft-concept-designboom-05

Taxi aéreo da empresa alemã Lilium durante o seu primeiro vôo. Assista ao vídeo aquiFonte

Assim como em veículos elétricos, um dos grandes desafios no desenvolvimento desta tecnologia é a capacidade das baterias que existem atualmente, que limitam bastante a distância que estas aeronaves podem percorrer com uma carga. Alguns dos conceitos que já foram desenvolvidos até o momento possuem autonomia de apenas cerca de 80 km [2], enquantos outros já prometem serem capazes de percorrer até 300 km por carga [1]. Cientistas da NASA recentemente realizaram um estudo comparando diversos conceitos de aeronaves para taxi aéreo, chegando a 3 conceitos iniciais: um de uso individual com propulsão elétrica, um para 6 passageiros com propulsão híbrida, e um para até 30 passageiros com propulsão turbo-elétrica. [3]

lilium-air-taxi

Conceito de área de decolagem e pouso feito pela empresa alemã Lilium. Fonte

 

Apesar da maioria das empresas desenvolvendo estas tecnologias atualmente ter surgido nos últimos 5 anos, é bem possível que esse já seja um meio de transporte disponível nos próximos 5 a 10 anos. Entre as vantagens de utilizar este meio de transporte, além da facilidade e agilidade em viagens de curtas distâncias, existe a possibilidade de diminuir engarrafamentos em grandes cidades, e diminuir a emissão de gases poluentes, já que estes funcionam com energia elétrica. Você gostaria de poder se transportar em um taxi aéreo desses? Conte pra gente nos comentários!

Referências

[1] https://lilium.com/mission/

[2] https://www.dezeen.com/2018/02/02/airbus-self-piloted-vahana-air-taxi-takes-completes-first-test-flight/

[3] Johnson W, Silva C, Solis E, “Concept Vehicles for VTOL Air Taxi Operations,” presented at the AHS Technical Conference on Aeromechanics Design for Transformative Vertical Flight, San Francisco, CA, January 16-19, 2018. Disponível em: https://rotorcraft.arc.nasa.gov/Publications/files/Johnson_2018_TechMx.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s